Passando pela casa amarela

A vida não é difícil. Nós é que complicamos. Passar pela vida devia ser simples… afinal, só estamos a passar por ela. Tal como se passássemos por uma casa amarela.
A casa está ali. E nós estamos de carro. Podemos ficar nevosos por não a ver. Ou por não saber onde termina. Podemos ter medo de quem vive lá dentro. Podemos até resistir passar por ela, ao lembrar os momentos que amámos e sofremos dentro dela. Mas no final de contas, parece estranho preocuparmo-nos tanto. Afinal, é só uma casa amarela. E nós só estamos a passar por ela.